Saúde e nutrição

Leite como fonte de saúde

Considerado por especialistas como um dos alimentos mais completos, o leite representa componente importante para uma dieta balanceada, especialmente devido à sua composição
proteica e mineral. Além do alto valor nutricional, contém também elementos com propriedades funcionais.

Em relação às vitaminas, destacam-se a A, importante para a saúde dos ossos, pele e aparelhos digestivo e respiratório, e a D, que contribui para a fixação de cálcio pelo organismo.

Os alimentos lácteos constituem a melhor fonte de cálcio dietético disponível na natureza e ajudam a manter em dia a saúde dos ossos e dentes.

Repositor energético após atividades físicas

Estudos relacionados à nutrição esportiva afirmam que o consumo de leite, após exercícios de resistência, ajuda na recuperação e crescimento muscular.

Durante a atividade física, o corpo perde nutrientes, sendo importante a reposição dos mesmos após o treino. O leite contém eletrólitos bem parecidos com os existentes nas bebidas esportivas e tem sido utilizado no meio esportivo, nas dietas de atletas, para auxiliar na reidratação. Além de contribuir com a reposição eletrolítica, os carboidratos contidos no leite auxiliam na reposição de energia dos músculos e das proteínas da reconstrução e crescimento destes.

Alimentos lácteos auxiliam na prevenção da síndrome metabólica e obesidade

A síndrome metabólica é caracterizada pela associação de fatores que podem desencadear doenças cardiovasculares e diabetes. Tem como base a resistência do organismo à ação da insulina. Está diretamente relacionada à obesidade, como resultado de alimentação inadequada e sedentarismo.

Estudos científicos mostram que o leite pode desempenhar papel importante na prevenção e tratamento da síndrome metabólica, particularmente, pela ação das proteínas e ácidos de cadeia média, que melhoram a ação do organismo na sensibilidade à insulina, ajudando no controle e prevenção na resistência à insulina e diabetes.

Nada como uma boa noite de sono!

Um copo de leite morno com um pouquinho de mel, mais ou menos 15 minutos antes de dormir, ajuda a ter uma boa noite de sono.

O aminoácido triptofano, presente no leite, modula a produção de serotonina pelo organismo, proporcionando aquela sensação de relaxamento e bem-estar de antes do sono. A serotonina, por sua vez, auxilia da produção de melatonina, que é o hormônio do sono.

É importante o leite ser consumido morno, pois ao ser aquecido, os aminoácidos são absorvidos mais facilmente pelo organismo.